Notícia

Remotamente, NPJ mantém atividades de estágio e realiza atendimento on-line para orientações jurídicas

Publicado dia 17/06/2020 às 02:25

Apesar do período de isolamento social e suspensão das atividades presenciais, o Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) do Centro Universitário de Pato Branco (UNIDEP), segue com os estágios obrigatórios do curso de Direito, conseguindo adaptar boa parte das atividades de forma remota, com a utilização de ferramentas virtuais. Além disso, em casos pontuais, está havendo o atendimento virtual assistido, com o fornecimento de orientação jurídica, por meio do serviço gratuito ofertado pelo NPJ.

Dessa forma, conforme pontua a coordenadora do NPJ, professora Ma. Anelícia Veronica Bombana Consoli, os estagiários, sob a orientação dos professores, permanecem dando seguimento aos processos, cumprindo prazos processuais, bem como, atendendo demandas de vários setores institucionais, como, por exemplo, o setor de Inovação, através da elaboração de documentos e a Coordenação de Pós-graduação, Pesquisa, Extensão e Inovação (COPPEX), realizando análise e elaboração de parecer jurídico dos documentos das Ligas Acadêmicas institucionais.

 “O NPJ desenvolve um papel muito importante, não apenas social, oferecendo à comunidade atendimento jurídico comprometido com a qualidade dos serviços prestados e seriedade, como acadêmico, de atividade de ensino prático, em consonância com a atuação do profissional do Direito que cada vez mais conta com atividades remotas, através de videoconferência, como por exemplo, nas audiências”, destaca Anelícia.

Direito da Família on-line

Entre os atendimentos on-line que tiveram destaque nesse período, na primeira semana de junho, acadêmicos do UNIDEP, alunos da disciplina de Estágio Supervisionado III, realizaram atendimento virtual de um assistido, que precisava de orientação jurídica de Direito de Família.  Os acadêmicos que participaram da atividade, foram: Elio Picoli Junior, Ivo Renato Vaz, Maiara Prado da Rosa, Maristela Prado da Rosa  e Patrícia Dalmaso, sob a orientação da professora Cassiane Gemi e da coordenadora do NPJ, professora Anelícia Consoli.

“As experiências proporcionadas aos nossos acadêmicos viabilizam competências e habilidades para as quais os futuros profissionais precisam estar alinhados. Acreditamos que podemos encontrar benefícios, também em meio a uma crise como esta, pois inúmeros procedimentos que envolvem o acesso à justiça e os processos de ensino-aprendizagem, estão sendo fortalecidos pela capacidade de adaptação e criação conjunta de toda a equipe de professores, secretária e acadêmicos”, enaltece Anelícia.

O atendimento presencial no NPJ do UNIDEP segue suspenso, no entanto, os assistidos estão sendo contatados e fazendo contato com a equipe do NPJ, pelos seguintes endereços eletrônicos: [email protected] (secretária) e [email protected] (coordenação NPJ).  Saiba mais em: https://www.unidep.edu.br/npj-nucleo-de-pratica-juridica/

------------

Matéria: Profa. Ma. Jozieli Cardenal Suttili / Jornalista MTB 9268 – PR

Coordenadora da Agência Experimental de Comunicação do UNIDEP

Contato: [email protected]